Your browser (Internet Explorer 6) is out of date. It has known security flaws and may not display all features of this and other websites. Learn how to update your browser.
X
Imagem

Kara Walker: “A Subtlety, or the Marvelous Sugar Baby”

Como é do conhecimento de muitos, por questões académicas tenho encontro-me em fase de conclusão da licenciatura num Curso debelas Artes (Fine Arts), em Los Angeles. É um curso bastante abrangente no qual são abordados vários temas desde o Cinema, Representação, Saúde, Produção, Historia das Artes, Estudos Cénicos, cultura americana, e a proporia Língua Inglesa.

IMG_8506Durante a minha estadia, quer em Nova Iorque ou Los Angeles, sempre que tenho a oportunidade, tento frequentar algum evento cultural. Em Nova Iorque e Los Angeles há sempre muita escolha!

Um dos meus interesses específicos é visitar Museus. Uma visita a um Museu é sempre uma excelente oportunidade para apreciar, para compreender, e até para evocar a nossa capacidade de “ficar perdido” na Arte, através de pensamentos, de sentimentos e emoções. Este processo é diferente para cada pessoa, ou até para cada grupo, que visita um espaço e aprecia as obras. Foi numa destas visitas que descobri as obras de Kara Walker.

Kara Walker é uma Artista Afro-americana que tem criado e usado a sua Arte para elevar a Cultura Africana, e para lutar por diversas causas. Os seus trabalhos lutam contra o racismo e apelam ao respeito pelas mulheres. E também ao fim de todas as formas de violência contra as mulheres, que ainda podem ser vistas como “fracas e desfavorecidas”. Ela tem procurado iluminar as nossas atitudes com a sua Arte, mostrando as desigualdades que existem na nossa sociedade contemporânea. Desigualdades que podem dividir pessoas e mudar as suas circunstâncias.

IMG_8505Ler sobre o trabalho de Kara Walker é enriquecedor, mas estar presente na sua Exibição, e ver a força da mensagem na sua Arte, foi para além das minhas expectativas.

 

Foi uma experiencia única, que apenas pude sentir estando na presença das obras.

O trabalho de Kara Walker é bastante complexo, e apresenta vários estratos, todos cheios de simbolismo. Isto obriga o público a despender mais tempo observando as obras, que variaram desde desenhos (de vários tamanhos), até esculturas feitas com açúcar e caramelo.

Observei que, quando em contacto direto com o seu trabalho, algumas pessoas só olhavam para estas pelo prazer. Não estavam necessariamente interessados em compreender a profundidade da mensagem “por detrás” das obras. Infelizmente isto é uma tendência que está se tornando cada vez mais saliente nas nossas sociedades contemporâneas. As pessoas preferem pensar que é mais simples ignorar os problemas que criariam a realidade que temos atualmente.

A vida está repleta de momentos lindos e únicos, mas também de momentos cruéis, onde apenas a mão de Deus pode livrar da maldade e restaurar a paz. Nós todos temos de lutar por causas dignas, e ajudar a resolver os problemas que afligem os outros. Espero que sinta essa necessidade da próxima vez que visite uma Exibição de Arte.