Your browser (Internet Explorer 6) is out of date. It has known security flaws and may not display all features of this and other websites. Learn how to update your browser.
X

Posts tagged ‘micaela reis’

Nota

Angolan Culture and Customs: Part 1 – An Introduction

Africa is huge. As the second largest continent, it is four times the size of the United States (excluding Alaska). Angola, in turn is also large, the seventh largest country in Africa. At about twice the size of the state of Texas, it covers more than 481,354 square miles spread across coastal lowlands, hills and mountains, and the great plateau. Angola is home to approximately 100 ethno – linguistic groups. The most prominent of these groups are the Ovimbundu, the Mbundu, the Bakongo, the Nganguela (Ganguela), and the Lunda-Chokwe. From such a large melting pot,and so many influences, it is only natural to expect much diversity in culture. Angola doesn’t disappoint!

Join me as I share with you my “unofficial guide” to the culture and customs of Angola. Over several installments I will deal with a distinct aspect of Angolan Culture: Art; Literature; Cuisine; Religion; Customs and Music.

To begin an exploration of Angola´s culture and customs we need look no further than Luanda, Angola’s largest city and main social and cultural center.

The sensuous dance, Semba, was born here. Semba gets its name from “Masemba”, meaning “a touch of the bellies”, the motion that characterizes this type of dancing. Semba music is capable of conveying a broad spectrum of emotions and, therefore is heard at a wide variety of Angolan social gatherings. In the late 80s producers began to mix traditional carnival music like zouk and soca from the Caribbean and semba around a fast beat, producing the “Kuduro” style. A very popular example of this style of music is the popular “Danza Kuduro” music video (by Lucenzo and Don Omar ) on YouTube,  which has over 300 million views! Perhaps you have seen it too?

Luanda´s cultural importance doesn’t end with music though.  It has much, much more to offer! Visitors can view impressive collections of African arts especially Chokwe masks and sculptures. To me Chokwe masks are particularly interesting. They symbolize various ancestral beliefs and were used during rites of passage circumcisions, fertility and puberty rites. Chokwe art much appreciated in many western countries and is often found on display in major art museums and galleries in Europe, the United States, and Japan.  In Luanda such pieces can be viewed are the Humbi-Humbi Gallery and; the Museu Nacional de Antropologia (National Anthropology Museum).

Other galleries in the city are Galeria Cenarius, Espelho da Moda, and Galeria SOSO-Arte Contemporânea. The Museu do Dundo (Dundo Museum), in the northeastern province of Lunda Norte, has been in existence since the colonial era. It houses one of the finest collections of Chokwe art found anywhere in the world. More contemporary museums located in Luanda include the Museu de Angola (Museum of Angola), the Centro Cultural Português (Portuguese Cultural Center), the Museu Nacional de História Natural (National Museum of Natural History), and the Military Museum (housed in a historic fortress).  Another popular museum, not dealing specifically with Art, is the Museu da Escravatura (Museum of Slavery). This museum, supposedly located at the very place where African captives were kept before being shipped to New World! The museum preserves the unfortunate history of the Atlantic slave trade on the Angolan coast.

In January 2005 the Minister of Culture, Boaventura Cardoso, called for special attention to the restoration of monuments and historic sites in Angola. This will ensure that Angola’s culture and customs will thus not be forgotten.

Join me soon, for Part 2 in which I will delve more deeply into Angolan Art and Architecture, focusing primarily on Chokwe influences.

Nota

Cultura e Costumes de Angola: 1ª Parte – Uma Introdução

África é enorme. Sendo o segundo maior continente, é quatro vezes o tamanho dos Estados Unidos (excluindo) o Alasca. Angola, por sua vez, também é grande, sendo a sétimo maior pais em África. Com cerca de duas vezes o tamanho do estado do Texas, tem uma expansão de mais que 481,354 milhas quadradas, espalhadas por planícies costeiras, colinas e montanhas e, o grande planalto. Angola é o lar de cerca de 100 etno – linguísticos grupos. Os mais proeminentes destes grupos são os Ovimbundu, os Mbundu, Bakongo, o Nganguela (Ganguela), e os Lunda-Côkwe. De um caldeirão tao grande, e de tantas influências, é natural esperar muita diversidade na cultura. Angola não decepcioná!

Venha comigo enquanto partilho a minha “guia não-oficial” da Cultura e Costumes de Angola. Em cada secção vou lidar com um aspecto distinto da Cultura de Angola: Arte, Literatura, Cozinha, Religião, Costumes e Música.

Para começar uma exploração da Cultura e os Costumes de Angola não necessitamos ir mais longe do que Luanda, a maior cidade, e principal centro social e cultural, de Angola.

A dança sensual, Semba, nasceu aqui. Semba derivou o seu nome de “Masemba”, que significa “um toque das barrigas”, um movimento que caracteriza este tipo de dança. Música Semba consegue transmitir um amplo espectro de emoções e, portanto, está presente numa grande variedade de acontecimentos sociais angolanos.

No final dos anos 80 os produtores começaram a misturar a música de carnaval tradicional como zouk e soca do Caribe, e semba em torno de uma batida rápida, produzindo o estilo “Kuduro“. Um exemplo muito popular deste estilo de música é o popular vídeo de música “Danza Kuduro“, (de Lucenzo e Don Omar), disponível no YouTube. Este já tem mais de 300 milhões de visualizações! Talvez também já viu?

A importância cultural de Luanda não se resume á com a música. Tem muito, muito mais para oferecer! Os visitantes podem ver impressionantes coleções de arte africana, especialmente as máscaras e esculturas Côkwe. Para mim, as máscaras Côkwe são particularmente interessantes. Elas simbolizam várias crenças ancestrais e foram usados durante os ritos de passagem circuncisões, fertilidade e os ritos da puberdade. A Arte Côkwe é muito apreciada em muitos países ocidentais. É frequentemente encontrada em exposição nos museus, e galerias de arte, mais importantes da Europa, Estados Unidos e Japão. Em Luanda tais peças podem ser vistos na Galeria Humbi-Humbi e no Museu Nacional de Antropologia.

Outras galerias da cidade são a Galeria Cenarius; o Espelho da Moda, e a Galeria SOSO-Arte Contemporânea. Existindo desde a era colonial, o Museu do Dundo, na província da Lunda do Norte, abriga uma das melhores colecções de Arte Chokwe do mundo. Mais museus contemporâneos localizados em Luanda incluem o Museu de Angola, o Centro Cultural Português, o Museu Nacional de História Natural, e o Museu Militar (alojado num histórico fortaleza). Outro museu popular, que não trata especificamente da arte, é o Museu da Escravatura. Este museu está supostamente localizada no local onde eram mantidos cativos os africanos antes de serem enviados para Novo Mundo! O museu preserva a infeliz história do tráfico atlântico de escravos na costa angolana.

Em Janeiro de 2005, o Ministro da Cultura, Boaventura Cardoso, pediu atenção especial para a restauração dos monumentos e locais históricos de Angola. Isso irá garantir que a cultura e costumes de Angola, não vão ser esquecidos.

Na 2ª Parte vou mergulhar mais profundamente na Arte e Arquitetura Angolana, focando principalmente a influências Côkwe. Posso contar consigo?

Nota

“Bem-Estar” é simplesmente “Estar Bem”: uma introdução á Vida saudável.

“Bem-Estar”? O que é isso?

Todos os anos são publicados milhares de livros sobre Saúde, Bem-Estar e Fitness. Muitos parecem ter bons fundamentos mas também vimos muitas perspectivas distintas e por vezes contraditórias. Qual é a perspectiva certa? Que abordagem seguir? Há tanta informação!

Tenho explorado algumas destas perspectivas e vejo que o bem-estar pode ser visto como o resultado dum intercâmbio entre três factores: Alimentação, Exercício e, Attitude.

Uma correcta alimentação é essencial para a Saúde. Porem, isto é uma área onde há muita discordância. Açúcar faz mal? O que é que engorda? Como posso perder peso? A resposta é a adopção de um regime alimentar que tenha uma boa fundação científica, que seja adequado as suas necessidades. Alguns exemplos que vou analisar muito brevemente incluem as Dietas DASH, TLC, Mayo Clinic, Mediterrânica, Vegetariana, entre outras.

Todos sabemos que o exercício físico é um dos alicerces de uma vida saudável, por trazer inúmeras vantagens para o organismo. As pessoas frequentemente lamentam-se, e afirmam que gostariam de treinar mas que não tem tempo, ou que o ginásio é muito caro. Por vezes tais afirmações são mais desculpas do que razoes validas.

O que quis dizer com “Atitude”? Um dos maiores problemas resultantes da correria do dia á dia é o stress. Descontrolado pode afectar todos os aspectos da sua vida. Não deixe que o stress tome “controlo do volante”! Como combater esta ameaça silenciosa e por vezes invisível? Uma das formas é através da meditação. Sei que usar essa palavra traz consigo ideia de pessoas esquisitas sentados de forma esquisita a murmurar coisas esquisitas. Proponho algo muito mas simples, um refúgio temporário da confusão, durante uns minutos. Poderá não parecer importante mas estas práticas produzem resultados positivos para a saúde que já foram comprovados inúmeras vezes.

Venha comigo! Terei, todas as semanas varias sugestões para destas áreas. Posso contar consigo?

Nota

Welcome to my blog!

Hi. I am Micaela Reis, welcome to my blog.

Here I will be giving you, the reader, occasional glimpses “behind the scenes” of my life as an Actress and Celebrity and bringing you up to date with what is happening in Angola.

As we all know life is not always glamour and glitz. Therefore I want to introduce you to the “real Micaela”. I will share with you my interests, my hopes and dreams and occasionally my fears. It is my hope that you will see that the person “behind the camera” has much in common with you. The internet is a means whereby people can come closer; I hope that as this blog develops we can become friends.

Topics I will be regularly posting about include Music, Theatre, Television, Health, Fitness, Sport, Fashion, Literature, Photography, Fine Art and, Travel. In each of these I will be sharing insights about Angola, but also about Portugal (where some of my family still lives), as well as the more exotic locations where my work takes me.

I have a particular interest in sharing Angola itself with you.  I am passionate about my country and hope to arouse this same passion in you. I will be providing the same “behind the scenes” look at Angola: it´s History, Culture and writing about its possible Future.

It has often been said that one way to create the future is to take particular care of our children. I believe in this view and I hope that my blog, as well as the daily efforts which it discusses, will help in the struggle we all share: preparing our children to be responsible, productive members of society.

I hope you enjoy your time on my blog.

Is there any aspect of my “behind the scenes life” which you are curious about? Feel free to let me know by dropping me an email.

I hope to hear from you soon.

Nota

Bem-vindos ao meu blog!

Ola. Sou Micaela Reis, bem-vindo ao meu blog.

Aqui darei-lhe-ei espreitadelas ocasionais “aos bastidores” da minha vida como Atriz e Celebridade, e manter-vos-ei atualizados sobre os acontecimentos em Angola.

Como todos sabemos a vida não é sempre glamour e vislumbre. Assim quero vos introduzir á “verdadeira Micaela”. Partilharei consigo os meus interesses, as minhas esperanças e os meus sonhos e, ocasionalmente, os meus medos.

Espero que, com o passar do tempo, virá que a pessoa “atras da camara” tem muito em comum consigo. A internet é um meio pela qual pessoas podem se aproximar. A internet é um meio pelo qual as pessoas se podem aproximar. Espero que, à medida que este blog se desenvolve, e nos vamos conhecendo melhor nos possamos tornar amigos.

Pretendo escrever regularmente sobre temas como a música, o teatro, a televisão, saúde, fitness, desporto, a moda, literatura, fotografia, Belas Artes e viagens. Em cada um destes partilharei perspectivas sobre Angola e sobre Portugal (onde alguns membros de minha família ainda residem), bem como dos locais mais exóticos onde o meu trabalho me leva.

Tenho um particular interesse em partilhar Angola consigo. Tenho uma paixão pelo meu país e espero desencadear esta mesma paixão em si. Dar-lhe-ei também um olhar “aos bastidores” de Angola: a sua História… a sua Cultura…. as suas gentes. Partilharei consigo as minhas reflexões e expectativas em relação ao seu futuro.

Frequentemente se diz que uma forma de criar um futuro melhor é cuidando bem das nossas crianças. Eu acredito nessa visão e, espero que o meu blog, bem como as minhas atividades diárias nele expostas, venham ajudar na luta que todos travamos: preparar os nossos jovens para serem membros responsáveis e produtivos na sociedade.

Espero que desfrute do seu tempo no meu blog.

Existe algum aspeto da “minha vida nos bastidores” sobre a qual tem curiosidade? Não hesite em me informar enviando me um email.

Espero ouvir algo de si em breve.